0

A robótica está adentrando de forma acelerada em nossas vidas seja através de assistentes de voz e de robôs aspiradores ou por meio de máquinas industriais, robôs cirurgiões e robôs com tecnologias educacionais.

Acredite ou não, estamos há alguns anos de vermos robôs convivendo conosco seja dentro ou fora de nossas casas.

De uma coisa é certa, para que possamos saber qual será seu impacto em nossas vidas, é preciso que conheçamos melhor essa tecnologia.

Para isso, nada melhor do que um artigo como este para você saber o mais importante sobre a robótica e a transformação pelo qual ela vem causando em nossa sociedade.

Então, continue lendo que você irá se surpreender.

O que é a Robótica?

A robótica é a intersecção de 3 grandes áreas: ciência, engenharia e tecnologia. Juntas, elas possuem a finalidade de criar robôs a fim de facilitar a vida do ser humano e o auxiliar em atividades repetitivas, dentre outras funções que você verá neste artigo.

O que é robótica

Além disso, a robótica é uma ciência interdisciplinar a qual possui diversas frentes na engenharia como a mecânica, a elétrica e a engenharia da computação.

Logo, podemos dizer que o conceito de Robótica não é definido apenas por uma área isolada, mas sim, por diversos campos interligados e quando usada da maneira correta, ela pode transformar positivamente nossas práticas de trabalho e o modo como vivemos.

Onde e quando a robótica surgiu?

Embora a robótica pareça ser um termo contemporâneo, estudos sugerem que processos automatizados e independentes do homem já eram utilizados na época da Grécia e Roma antigas.

Além disso, há esboços do Leonardo Da Vinci de que no século 15 ele já tenha arquitetado um robô humanoide. No entanto, a robótica veio a se popularizar apenas no século 20 através do trabalho do autor de ficção científica Isaac Asimov.

Marcos importantes da história da robótica

Já em 1956 surgia a primeira empresa de fabricação de robôs e em 1960 os robôs começariam a ser introduzidos na linha de produção de fábricas automotivas, como a da General Motors.

Mas, Isaac Asimov criou em 1942 as 3 leis da robótica para que robôs e humanos pudessem trabalhar em harmonia sem que as máquinas colocassem a vida humana em risco.

Essas leis são:

  • 1ª Lei da Robótica – Um robô não pode ferir um ser humano ou, por inação, permitir que um ser humano sofra algum dano;
  • 2ª Lei da Robótica – Um robô deve obedecer às ordens dadas por seres humanos, exceto quando tais ordens entrarem em conflito com a Primeira Lei;
  • 3ª Lei da Robótica – Um robô deve proteger sua própria existência, desde que tal proteção não entre em conflito com a Primeira ou a Segunda Lei.

Para que serve a robótica?

A robótica serve para desempenhar diversas tarefas específicas. Entretanto, seu objetivo maior é a automatização de processos ora repetitivos e cansativos para o ser humano.

Essas tarefas podem ser desde cortar um simples pedaço de madeira até executar atividades mais complexas, onde os robôs e máquinas já são pré-programados para desempenhar cada função.

Outro mercado que a robótica vem sendo muito útil, é a do consumidor final como eu e você, através de robôs domésticos (robôs aspiradores, cafeteiras automáticas) e dispositivos da internet das coisas para automação residencial.

Robô aspirador e cafeteira automatica

Veja abaixo 3 grandes áreas de atuação dessa tecnologia em nossa sociedade:

1. Robótica Educacional

Os robôs em escolas e faculdades são ótimas ferramentas para a aprendizagem cognitiva pois são divertidos e eficazes no desenvolvimento de diversas habilidades em crianças e jovens.

Temos como exemplo a programação de computadores e a eletrônica como habilidades desenvolvidas. Como consequência, o aluno acaba tendo mais facilidade em assimilar conteúdos de outras áreas tais como a matemática e a física.

Algumas habilidades e estímulos que também são desenvolvidos através da robótica:

  • Criatividade maker
  • Trabalho em equipe
  • Resolução de problemas

ESSE PROJETO pode te interessar: Braço Robótico com Arduino – Projeto perfeito para aprender os 3 principais pilares da Robótica: mecânica, eletrônica e programação.

2. Robótica Industrial

A quantidade de robôs em fábricas de todo o mundo bateu recorde histórico em 2020 de acordo com o relatório da Federação Internacional de Robótica, com mais de 2.7 milhões unidades em operação.

É possível encontrar uma infinidade de aplicações desses robôs nas indústrias. Como exemplo da sua utilidade é a soldagem de circuitos e ferragens de carros, a pintura, a inspeção de produtos, o manuseio de materiais e muito mais.

Neste setor industrial, os braços robóticos e as máquinas pré-programadas possuem o objetivo de gerar:

  • Melhoria da qualidade do produto
  • Automatização de processos
  • Rapidez de produção

3. Robótica na Medicina

Não menos importante, os robôs no setor da medicina e da saúde estão cada vez mais otimizando as tarefas dos profissionais para que eles possam focar cada vez mais em atividades urgentes.

Fora que a tecnologia garante maior segurança para enfermeiros e cirurgiões nos procedimentos médicos e diminui o custo de cirurgias.

De forma geral o seu objetivo na área da saúde e da medicina é gerar precisão, economia e mobilidade a quem precisa através de:

  • Robôs cirúrgicos
  • Robôs enfermeiros
  • Próteses biônicas

O que se aprende em robótica

A robótica engloba 3 principais áreas de aprendizado: mecânica, eletrônica embarcada e programação.

O que se aprende em robótica

A mecânica é responsável pelo conjunto estrutural e pela movimentação do robô. Essa área pode ser dividida em duas: a estática (braços robóticos, bases, conectores, ganchos e parafusos) e a dinâmica (engrenagens, eixos, rodas e polias).

Já a eletrônica é composta pelos circuitos, sensores de movimento, motores e placas microcontroladas. Aqui são coletadas as informações do ambiente onde o robô se encontra através dos sensores e são enviadas para a placa (Arduino, CLP e ESP32 por ex.) para tomar ações como controlar servos motores e luzes.

Por fim e não menos importante temos a programação. Sem um código em C/C++ ou qualquer outra linguagem como o Python, JavaScript (vai depender de cada aplicação) não seria possível compreender os sinais dos sensores eletrônicos e tomar ações a partir disso através da mecânica.

Veja, uma competência complementa a outra!

Onde estudar robótica hoje?

A dica que dou aqui é buscar conhecimento seja por meio meio de um curso de eletrônica, talvez um de Arduino online ou em algum outro curso de robótica.

Somente assim você será capaz de aprender os 3 pilares da tecnologia e ser capaz de desenvolver você mesmo projetos iniciantes de robótica até projetos incríveis e mais complexos.

Curso de robotica para aprender online

Além dos cursos online citados anteriormente, é possível encontrar outras instituições no Brasil que ofertam cursos de robótica industrial como o SENAI: clique aqui e acesse.

Agora, caso você deseja fazer uma graduação em robótica, temos o de Engenharia de Robôs ofertado pelo Centro Universitário FEI-SP: https://portal.fei.edu.br/curso-de-engenharia-de-robos

Competições de robótica

Uma das formas que jovens e adolescentes têm de desenvolver suas habilidades de programação, eletrônica e mecânica é através de competições de robótica no Brasil e em todo o mundo.

Menino disputando competição

Uma das principais instituições de torneios brasileiros é o SESI que organiza a Robótica First Lego League – uma competição de robôs lego que tem o objetivo de resolver problemas cotidianos e da sociedade atual.

Participam adolescentes de 9 até 16 anos em equipes de 2 – 10 pessoas onde são necessários dois adultos responsáveis pelo time.

Esse torneio do SESI acontece todo ano e a atual edição será no formato online. Para fazer a sua inscrição basta acessar o formulário que disponibilizam no site clicando aqui.

Torneio de robotica do SESI First Lego League

Além dessa competição de lego, existem outras 2 que o SESI organiza em suas escolas:

Caso se interessar por competições internacionais de robótica:

  • CBR – Competição Brasileira de Robótica
  • Sumô Cup de Robôs
  • RoboCUP – Competição Internacional de Robôs

Dicas para quem quer seguir a área da Robótica

Com a experiência que tive na Faculdade de Engenharia Mecatrônica, posso te dizer que o mercado de Robótica está em rápida ascensão e a pandemia de Covid-19 veio para acelerar ainda mais esse crescimento.

Além disso, a oportunidade que tive em trabalhar com Robótica na Empresa Júnior do meu curso, a Meta Consultoria, me mostrou que o profissional da Robótica deve sim ter um conhecimento interdisciplinar de eletrônica, de programação e de mecânica.

Mulher segurando robô carreira de robótica

Mas você não deve se limitar apenas ao conhecimento técnico dessas 3 áreas caso você queira ser um profissional que irá trabalhar com Robótica. É preciso que você se atenha a outros 3 quesitos importantes:

  •  Sempre busque atualização profissional

Como você viu neste artigo, são muitas as áreas de atuação do profissional da Robótica assim como essas áreas estão em constante evolução e mudanças.

Então, é importante que você esteja atualizado no seu setor de trabalho seja por meio de cursos de robótica, de programação, eletrônica ou até mesmo através de livros, blogs ou vídeos.

  • Desenvolva habilidades de soft-skills

É preciso desenvolver habilidades de soft-skills tais como saber lidar com pessoas, trabalhar bem em equipe e saber vender bem suas ideias e produtos para ter sucesso como profissional da robótica ou como empreendedor na área.

  • Faça um bom Networking

Tenha o que todos falam de “quem indica”, o famoso QI, ou seja faça amizades e fique próximo de pessoas que possam te agregar profissionalmente, pois isso poderá abrir portas importantes principalmente no começo da sua carreira profissional.

Flávio Babos
Futuro Engenheiro Mecatrônico pela Federal de Uberlândia, fanático por Tecnologia, Empreendedorismo e Gestão. Desde pequeno faz projetos com Arduino e recentemente atuou na Empresa Júnior do seu curso gerenciando equipes de engenharia no setor de vendas e de projetos.

Curso de Comandos Elétricos: Qual Melhor Escolher Em 2021?

Previous article

Servo Motor Arduino: Guia Prático De Uso

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *